/* */

Minoxidil causa caspas? Como evitar?

>

O Minoxidil é um dos medicamentos mais utilizados no combate à calvície – mais especificamente, o Minoxidil da Rogaine, que foi a primeira empresa a comercializar esse vasodilatador para uso tópico.

Essa popularidade tem como explicação sua fórmula eficaz, que já foi comprovada por diversos estudos  e recomendada por inúmeros dermatologistas ao redor de todo o mundo.

Infelizmente, qualquer medicamento pode causar efeitos colaterais, e com o Minoxidil não é diferente.

O aumento na produção de oleosidade e o ressecamento da pele são os mais comuns.

Há inúmeros relatos de usuários do Minoxidil da Rogaine que experienciaram o aparecimento de caspas e descamação no couro cabeludo.

A Rogaine deixa bem claro na bula do Minoxidil que o uso desse tipo de produto pode causar alguns efeitos colaterais – incluindo os dois citados acima.

Mas por que será que essa descamação ocorre? Como ela pode ser evitada?

Se você possui alguma dessas dúvidas, basta continuar a leitura para descobrir as respostas! Vamos sanar todas e mais algumas aqui nesse artigo…

O Minoxidil Rogaine causa caspa?

A resposta para essa pergunta não é tão simples quanto parece. Isso porque a maioria das pessoas não sabem exatamente o que é a caspa e acabam criando certa confusão.

Também conhecida como dermatite seborreica, a caspa surge quando a oleosidade presente no couro cabeludo é abundante o suficiente para torna-lo o ambiente ideal para a proliferação de fungos, como o Malassezia sp.

A dermatite seborreica pode ser controlada, mas é uma doença crônica de caráter genético.

Segundo a dermatologista Maria Angélica Muricy, por essa razão, o que muitos homens que utilizam Minoxidil acreditam ser caspa, não é. É a famosa “falsa caspa”.

Maria Angélica explica que, na verdade, se trata de uma camada de células mortas que, por conta do ressecamento, se desprende do couro cabeludo causando a descamação. Nesse caso, não há a presença de fungos.

Se você leu a bula do Minoxidil da Rogaine, já sabe que há álcool em sua composição. Em contato com a pele, essa substância acaba prejudicando a proteção externa da pele, conhecida como camada lipídica.

Sabe o álcool gel “melecado” do qual as pessoas tanto reclamaram durante a pandemia? Embora seja menos agradável de usar, ele é o melhor de todos, porque previne o ressecamento das mãos.

Já reparou que com o uso constante do álcool gel que não “meleca” as mãos, com o tempo elas começam a descamar? Então… a mesma lógica se aplica ao couro cabeludo.

Resumindo… o Minoxidil da Rogaine (e qualquer outro) não causa caspa.

O que ocorre é que o álcool presente na sua fórmula resseca a pele que eventualmente pode descamar. Essa descamação não possui fungos.

Sendo assim, não deve ser tratada como se fosse uma dermatite seborreica ou caspa.

A não ser claro, que você seja diagnosticado com dermatite seborreica e use Minoxidil.

Nesse caso, é sempre válido consultar um tricologista ou dermatologista, pois apenas esses profissionais serão capazes de receitar o melhor tratamento para o seu problema.

Minoxidil Rogaine em espuma causa caspa?

Na teoria, o Minoxidil Rogaine em espuma causaria menos irritações ao couro cabeludo. Isso porque sua fórmula foi pensada para aqueles que possuem a pele mais sensível e suscetível a inflamações e vermelhidões.

Além de contar com glicerina, que previne o ressecamento do couro cabeludo, a fórmula do Minoxidil Rogaine em espuma não possui propilenoglicol, um dos principais responsáveis pelo ressecamento e a descamação.

Lista de ingredientes no Minoxidil Rogaine em espuma – Imagem:

Você deve estar se perguntando “Mas por quê ‘na teoria’?” e nós já vamos explicar o motivo.

Em tese, a versão em loção é a que mais causa descamação da pele por contar com propilenoglicol na sua composição. A versão em espuma previne o ressecamento e, consequentemente, não causa o surgimento de “caspas”.

Lista de ingredientes no Minoxidil Rogaine em espuma –

Mas, na prática, não é bem assim. Embora o Minoxidil Rogaine em espuma não tenha propilenoglicol, há outros álcoois que podem causar efeitos colaterais em algumas pessoas.

Há diversos relatos de usuários da versão em espuma que experienciaram o surgimento de descamações no couro cabeludo.

A verdade é que cada corpo é único e irá reagir de uma maneira.

Você pode se dar super bem com o Minoxidil Rogaine em loção e não ter problema nenhum com sua fórmula, enquanto seu amigo pode se adaptar melhor à versão em espuma.

Ou seja, nem sempre pagar mais caro pelo Minoxidil Rogaine em espuma vale a pena. As “caspas” podem surgir de qualquer maneira.

Mas a boa notícia é que esse problema pode ser evitado com algumas mudanças de hábito bem simples, mas super eficientes no combate ao ressecamento. Quer descobrir quais são? Só continuar a leitura!

O que fazer para evitar a descamação e o ressecamento do couro cabeludo?

Se você não possui nenhuma condição dermatológica que causa a descamação do couro cabeludo, mas sofre a “caspa” causada pelo uso do Minoxidil Rogaine, é muito provável que o problema esteja na maneira como você cuida dele.

Nada de remédios, shampoos e condicionadores específicos para o combate à caspa! Nós já explicamos que essa descamação não é causada por fungos, lembra? A solução é bem mais simples.

Como já citamos anteriormente, o Rogaine, seja ele qual for, possui álcool na sua composição. Essa substância acaba ressecando e descamando a pele. Sendo assim, é necessário devolver a hidratação perdida ao longo do tratamento.

Aqui vão algumas dicas de como evitar o ressecamento do couro cabeludo durante o tratamento com Minoxidil!

Não tome banho com água muito quente

Tomar um banho quentinho é uma delícia, nós sabemos. Mas esse prazer tem um custo. A água escaldante deixará seu couro cabeludo ainda mais ressecado.

Sendo assim, evite-a ao máximo. Tome banho, no máximo, com a temperatura morna – mas nunca quente!

Beba bastante água

Essa dica é a mais óbvia de todas, mas infelizmente ainda é necessário bater na tecla de que beber água e se hidratar ao longo do dia é extremamente importante não só para a saúde, mas também para a aparência.

Use protetor solar

A luz solar é outro fator que contribui para o ressecamento da pele, mas é extremamente esquecido. Usar protetor solar diariamente é essencial se você quer um couro cabeludo livre das “caspas” e, o mais importante – não quer desenvolver um câncer de pele.

Hidrate sua pele

Hidratar a pele diariamente com algum creme hidratante facial é muito importante, principalmente para os homens que fazem tratamento com o Minoxidil.

“Quando vou hidratar a pele se fico com Minoxidil o dia inteiro?”. Essa pode realmente parecer uma tarefa complicada, mas a palavra-chave é organização.

O Minoxidil precisa ser aplicado duas vezes ao dia e ficar pelo menos 4 horas na pele. Vamos supor que você aplique pela manhã, ao acordar, e antes de dormir.

Se você aplicar o produto às 9h da manhã, após as 15h estará liberado para hidratar sua pele com um hidratante facial de sua preferência. Depois é só realizar a segunda aplicação antes de dormir normalmente.

Agora você não tem mais desculpa para continuar tendo caspas com Minoxidil Rogaine, não é mesmo? Basta seguir todas as dicas desse post.

Caso a descamação do couro cabeludo persista, recomendamos que procure um profissional dermatologista. Só ele será capaz de te auxiliar e descobrir a raiz do problema.

O que você achou desse artigo? Ele te ajudou de alguma forma?

Conta pra gente aqui nos comentários, e aproveita pra compartilhar sua experiência com o uso do Minoxidil Rogaine! Você teve caspas? Como tratou? Queremos te ouvir!

Ah, e não esqueça de compartilhar esse artigo com os amigos que utilizam Minoxidil!

Escreva sua pergunta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *