/* */

Minoxidil causa impotência sexual?

>

Se você sofre com a calvície ou com a falta de barba, com certeza já ouviu falar nos tratamentos à base de Minoxidil.

Esse medicamento é hoje facilmente encontrado em qualquer canto do mundo e há muitas discussões sobre seus efeitos colaterais.

Alguns, como o ressecamento da pele, não são assustadores e podem ser facilmente resolvidos com hidratações frequentes.

Apesar disso, é comum ouvir relatos de efeitos colaterais do Minoxidil mais agressivos, como a disfunção sexual. Mas será que existe mesmo uma relação entre essas duas coisas?

Hoje separamos tudo que a ciência tem a dizer sobre a relação entre o Minoxidil e a impotência sexual e vamos responder essa questão de uma vez por todas.

Ficou curioso? Então é só continuar a leitura.

Um pouco sobre o Minoxidil

Para reverter ou disfarçar a queda ou a falta de cabelo e pelos, muitos homens recorrem ao tratamento com Minoxidil.

O Minoxidil é um vasodilatador que está disponível para o tratamento de problemas como a calvície há várias décadas.

O medicamento está disponível em farmácias e drogarias de todo o país, mas também pode ser receitado por médicos.

O Minoxidil é um tratamento tópico destinado a promover o crescimento do cabelo e dos pelos. Também pode ser usado para retardar a queda de cabelo.

No entanto, interromper o tratamento com o Minoxidil resulta na volta da queda capilar e perda dos resultados obtidos através do uso do medicamento.

O Minoxidil causa impotência sexual?

Até o momento, nenhum estudo científico fez uma conexão entre o Minoxidil e disfunção sexual.

Os homens que tomam Minoxidil e têm problemas de libido, ereção ou desempenho costumam encontrar outro fator contribuinte que explica seus sintomas.

Um estudo publicado em 2014 descobriu que o Minoxidil teve um efeito sobre a atividade dos receptores de andrógenos (a famosa testosterona é um andrógino), mas os autores são muito claros ao afirmar que os efeitos ocorrem apenas no folículo piloso.

É muito provável que essa confusão em relação ao Minoxidil ocorra por conta da Finasterida, outro medicamento usado no tratamento da calvície.

A calvície é mais comum entre os homens porque eles naturalmente produzem mais testosterona e a queda capilar está diretamente relacionada com esse hormônio.

A Finasterida age diretamente na produção de testosterona, o que resolve o problema da calvície, mas comprovadamente pode ocasionar na disfunção sexual.

Diferentemente da Finasterida, o Minoxidil age apenas nos folículos capilares, sem interferir na produção de hormônios do corpo. Sendo assim, não há como seu uso interferir na atividade sexual masculina.

Qual Minoxidil usar?

Se você sofre com a queda capilar ou com a falta de pelos na barba, mas ainda não começou o tratamento com o Minoxidil, é muito provável que a razão seja o medo da disfunção sexual.

Agora você já sabe que não há evidências de que o Minoxidil pode causar a impotência sexual ou diminuir a libido. Só falta saber qual Minoxidil é o mais indicado pro seu caso e iniciar seu tratamento.

Para isso separamos tudo que você precisa saber sobre qual Minoxidil é mais indicado para cada tratamento. Continue a leitura!
Para tratamento da calvície

Se seu problema é a questão capilar, o produto mais indicado para o seu tratamento é o Minoxidil da Rogaine.

 

A Rogaine é considerada a melhor marca de Minoxidil do mundo e seus produtos podem ser utilizados em outras áreas, mas a principal indicação é que sejam utilizados para o tratamento da calvície.

A fórmula de suas loções capilares foi pensada especificamente para o tratamento da alopecia androgenética (a famosa calvície) e é muito eficaz, o que explica seu preço um pouco mais elevado.

Para preenchimento e crescimento da barba

Agora, se seu problema é a falta de pelos na barba ou em outras áreas do corpo, o produto mais indicado para você é o Minoxidil da Kirkland.

Esse sem dúvidas é o Minoxidil com o melhor custo-benefício e também pode ser utilizado no tratamento da calvície.

Indicamos o Rogaine anteriormente por ser um produto mais bem avaliado no que diz respeito à calvície e seus resultados serem mais garantidos, mas se no momento dinheiro é um problema e você sofre com a alopecia androgenética, o Kirkland também pode ser uma ótima alternativa.

 

Escreva sua pergunta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *