/* */

Minoxidil da espinha? Quem tem pode usar?

Quando queremos que nossas barbas e cabelos cresçam, é muito comum recorrermos ao uso do Minoxidil, que é a solução mais famosa para a falta de fios.

Mas se você já ouviu falar que Minoxidil dá espinha, deve ter ficado assustado e recuado ao questionar se esse remédio é seguro para o rosto.

Fizemos esse texto para acabar com as suas dúvidas e te contar se Minoxidil dá espinha!

Quer saber a resposta? Leia até o final para descobrir!

O que é Minoxidil?

Se você está procurando alguma solução para a calvície ou para fazer a barba crescer, já deve ter ouvido falar sobre o Minoxidil, o vasodilatador que estimula o crescimento dos fios.

Quando atinge os homens, a falta de pelos capilares pode destruir a autoestima, já que muitos aguardam ansiosamente pelo nascimento e crescimento dos fios, que complementam o estilo.

Usado em todo o mundo, Minoxidil é vendido tanto em forma de loção, quanto em forma de comprimidos e em forma de espuma. A forma oral de uso desse remédio não é tão conhecida ou usada.

A concentração de Minoxidil indicada para homens é de 5%, e estudos apontam que essa é a mais efetiva entre todas as opções disponíveis.

Os resultados de Minoxidil são comprovados por estudos no Estados Unidos, mas é preciso que você fique atento para aplicar apenas nas áreas onde quer que o tratamento ocorra.

Caso contrário, vemos o nascimento de pelos em lugares indesejados.

Os efeitos de Minoxidil demoram até seis meses para começar a aparecer e os fios nascem saudáveis, mais grossos e fortes.

Veja como usar:

  • Aplique Minoxidil sobre a pele limpa, duas vezes ao dia. De preferência ao acordar e antes de dormir.
  • Inicie a aplicação no centro da área onde deseja que os pelos nasçam.
  • Lave bem as mãos depois, para retirar qualquer resíduo do produto.

Efeitos colaterais do Minoxidil

Assim como qualquer fármaco, o Minoxidil para barba também apresenta efeitos colaterais, já que trata de uma substância estranha ao corpo.

A boa notícia é que não são todos os usuários que apresentam os efeitos colaterais. As reações mais comuns ao uso de Minoxidil são:

  • Hipertricose.
  • Coceira.
  • Descamação da pele.
  • Irritações e alergias na pele.
  • Eritema local.
  • Pele seca.

Vale ressaltar que esses efeitos são mais comuns em quem usa Minoxidil em loção, já que o Minoxidil em espuma é menos agressivo para a pele.

A queda dos fios existentes no começo do tratamento é comum e faz muitos homens pensarem que se trata de mais uma reação alérgica e abandonarem o tratamento.

Na verdade, a queda de cabelo inicial faz parte do tratamento, já que a ação de Minoxidil precisa retirar os fios fracos dos folículos para dar lugar aos novos pelos fortes e saudáveis.

Abandonar o tratamento com Minoxidil nesse momento é prejudicial, já que impede que os novos fios nasçam e que os folículos sejam ocupados novamente.

Uma vez que tenha começado, o ideal é persistir até que os resultados sejam visíveis.

Minoxidil dá espinha?

A pergunta que assusta muitos homens quando o assunto é o uso de Minoxidil para barba precisa de uma explicação um pouco melhor do que as clássicas respostas monossilábicas.

Embora não esteja na bula, muitos homens relatam o aparecimento de espinhas no local onde Minoxidil é aplicado, o que pode diminuir a autoestima e aumentar o receio sobre o uso do produto.

Isso ocorre porque Minoxidil possui álcool em sua composição, o que frequentemente causa o ressecamento da pele na área de aplicação e o aumento da oleosidade.

Assim, o ambiente perfeito para o nascimento da espinha é criado.

Como resolver esse problema?

E é claro que não poderíamos deixar de te contar como muitos homens resolvem o problema da relação entre Minoxidil e as espinhas!

A substituição da loção pelo Minoxidil em espuma, que não possui álcool na composição, é o suficiente para que muitos dos homens deixem de apresentar espinhas no rosto.

A espuma de Minoxidil age de forma mais suave na pele, causando menos irritação e menos dos efeitos colaterais comuns!

Essa é uma aposta segura para os homens que podem ter a autoestima abalada pelas espinhas.

Quem tem espinha pode usar Minoxidil?

Outra dúvida muito recorrente entre os homens que querem começar a usar Minoxidil é se podem usar mesmo tendo espinhas.

O dermatologista Mário Aurélio Borges, de Goiânia, diz que não há contraindicações para o uso de Minoxidil em que tem espinhas, mas avisa que o tratamento deve ser interrompido se causar alguma irritação.

Onde comprar Minoxidil espuma?

Quer começar seu tratamento seguro com Minoxidil em espuma, mas ainda não sabe onde comprar?

A loja Barmens oferece várias versões desse produto, incluindo o Minoxidil espuma 5% Rogaine, que é vendido por R$259,89.

 

 

Minoxidil da Rogaine

O Minoxidil da marca Rogaine é um dos mais famosos e usados em todo o mundo, podendo ser adquirido tanto na versão de loção quanto na versão em espuma.

A marca foi criada em 1988, nos Estados Unidos, e tem seus produtos aprovados pela FDA, a agência federal Food and Drug Administration, do Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

O Minoxidil Rogaine não é fabricado no Brasil, mas é possível adquirir o seu por meio de importações, como a loja Barmens faz para seus clientes!

Se esse texto sobre a relação entre Minoxidil e espinha foi útil para você, não deixe de compartilhar para que mais homens saibam a respeito antes de começar o uso!

Você usou ou usa Minoxidil e precisou lidar com as espinhas? Conta a sua experiência aqui nos comentários!

Fontes: (1) 

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *