/* */

Minoxidil depois dos 30 – vale a pena usar?

Muitos homens desenvolvem calvície ao longo da vida, mesmo assim não é incomum que a autoestima seja abalada quando as entradas começam a crescer e os fios caem.

Minoxidil é a solução mais procurada quando o assunto é estimulantes capilares para nascimento de novos fios, seja em casos de falta de barba ou de calvície.

O problema é que para grande parte dos homens, a alopecia só se desenvolve após os 30 anos.

Nessa idade, o corpo já está passando por mudanças e por isso é comum vermos casos onde os pacientes sentem medo de usar Minoxidil.

Vamos falar tudo o que você precisa saber sobre esse tratamento e com qual idade pode usar Minoxidil. Leia até o final para descobrir!

O que é Minoxidil?

Se está aqui, você certamente já ouviu falar sobre Minoxidil e sua eficácia, mas sabe exatamente o que essa substância faz no seu organismo?

Minoxidil é conhecido em todo o mundo como melhor tratamento para calvície, além de ser usado popularmente para estimular o nascimento de barba naqueles que a desenvolveriam tardiamente.

A substância atua como um vasodilatador, que contribui para a irrigação sanguínea no local onde é aplicado e assim estimula o nascimento e crescimento de novos fios.

Existem três versões disponíveis de Minoxidil: em loção, em espuma e em comprimidos. Nós abordaremos mais sobre cada uma nos tópicos a seguir.

É importante ressaltar que nenhum tratamento para calvície é mágico. Isso significa que eles não acontecem em pouco tempo e não ocorre de forma diferente com Minoxidil.

O resultado do tratamento com Minoxidil pode demorar até seis meses para aparecer, mas todos que usam confirmam que é satisfatório. O novo pelo nasce mais saudável e forte.

Minoxidil tópico

Quando falamos sobre Minoxidil tópico, estamos nos referindo às duas versões que tem apenas aplicação sobre a pele: em loção e em espuma.

As duas tem efeitos colaterais semelhantes e são as mais seguras, porque não afetam as taxas hormonais.

Apenas uma quantidade muito pequena é absorvida pelo corpo e ela não é significante o suficiente para fazer mal.

A loção de Minoxidil é a mais conhecida e usada em larga escala ao redor do mundo. Ela contém propilenoglicol, um álcool, na composição e por isso pode ser mais agressiva para pele.

Enquanto isso, a versão em espuma não contém álcool e é a mais indicada para homens que tenham acne ou que sofram com irritações.

Ela também pode apresenta os mesmos efeitos colaterais, mas em escala muito menor e com menos probabilidades.

Os efeitos colaterais das duas versões tópicas de Minoxidil são restritos à pele na área de aplicação. Entre os mais comuns, temos:

  • Hipertricose.
  • Irritação na pele.
  • Coceira.
  • Reações alérgicas.
  • Descamação na área aplicada.

Quem usa Minoxidil tópico também experimenta o efeito shedding, e embora ele não seja um efeito colateral, é muito desconfortável.

O efeito shedding consiste na queda dos fios antigos e fracos, que estavam presentes na área de aplicação. Isso ocorre para que o folículo esteja desocupado para a formação do novo fio.

É importante não interromper o tratamento com Minoxidil durante o efeito shedding, porque caso contrário os fios antigos terão sido eliminados e não crescerão novos no lugar!

Minoxidil em comprimido

Os comprimidos de Minoxidil são usados para tratar casos graves de hipertensão em homens, e como não tratam uma área exata, seus efeitos colaterais podem ser vistos em todo o corpo.

Apesar de seu objetivo ser o tratamento de hipertensão, estudos comprovam que Minoxidil comprimidos em doses baixas pode servir para o combate eficaz da calvície.

Os efeitos colaterais do Minoxidil comprimidos são:

  • Taquicardia.
  • Pericardite.
  • Hipertricose.
  • Alteração na cor dos fios.
  • Alterações no eletrocardiograma.

Minoxidil depois dos 30 é uma boa ideia?

Como falamos antes, a calvície masculina costuma aparecer apenas após os trinta anos, por isso muitos homens ficam receosos a respeito de usar o Minoxidil.

Quando o assunto é Minoxidil depois dos 30, não existe qualquer estudo sugerindo o impedimento do uso.

Na verdade, os estudos feitos para comprovação da eficácia de Minoxidil tópico normalmente utilizam homens com faixa etária variada, principalmente aqueles acima dos 30.

As bulas das três versões de Minoxidil também não estipulam uma idade máxima em que seria seguro usar, outro sinal de que esse produto não é uma ameaça mesmo para os idosos.

Apesar disso, estudos apontam que quanto mais velho for o usuário, mais ele estará sujeito aos efeitos colaterais internos no uso do Minoxidil em forma de comprimido, como alterações no coração.

Onde comprar Minoxidil tópico?

Se você tem mais de 30 anos e quer adquirir as opções mais seguras de Minoxidil para o tratamento da calvície ou para melhorar a barba, a loja Barmens tem o que você precisa.

 

Lá você vai encontrar diversas opções das melhores marcas de Minoxidil importadas em espuma e em loção.

Gostou de saber que pode usar Minoxidil depois dos 30?

Conta aqui nos comentários se você tem alguma experiência com esse produto ou se tem interesse em comprar!

Fontes (1) (2) (3) (4) (5) (6)

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *