/* */

Minoxidil não funciona comigo: Porque?

O Minoxidil é o tratamento para a calvície mais indicado pelos dermatologistas.

E não é à toa – esse medicamento já revelou ser extremamente eficaz em diversos estudos.

Por essa razão, cada vez mais homens têm aderido ao tratamento com Minoxidil, seja para tratar uma falha ou até mesmo estimular o crescimento de pelos faciais.

Mas a verdade é que infelizmente nem todos eles sabem como usar e aplicar esse medicamento da maneira correta.

O Minoxidil é vendido como uma solução para a calvície de fácil aplicação e com poucos efeitos colaterais.

É um tratamento que não exige muito do paciente, diferentemente do transplante capilar, por exemplo.

Porém, isso não significa que ele deve ser aplicado de qualquer maneira. Assim como qualquer outro medicamento, o Minoxidil exige alguns cuidados que são cruciais para garantir os resultados esperados.

Muitos homens não se dão nem ao trabalho de ser a bula e o manual de instrução antes de começar a aplicá-lo.

O resultado? Seis meses depois esses mesmos rapazes surgem em fóruns de discussão e grupos no Facebook sobre Minoxidil e detonam o produto.

“É uma farsa!”, “Não vi resultado nenhum!” e “Usei por mais de 5 meses e continuei com a mesma quantidade de cabelo!” são as reclamações mais comuns.

Não precisamos nem falar que a culpa não é do Minoxidil, né?

É necessário seguir todas as instruções e dicas para garantir a eficácia do tratamento. Caso contrário, você obviamente não terá grandes resultados.

Mas e quando mesmo fazendo tudo corretamente o Minoxidil continua sem fazer efeito?

Alguns homens seguem todas as “regras” à risca e, mesmo assim, não conseguem estimular o crescimento dos fios.

Qual é a explicação para esses casos?

É essa a questão que vamos abordar hoje. Se ficou curioso para descobrir a resposta, basta continuar a leitura!

Como garantir a eficácia do Minoxidil?

Antes de falar sobre os casos cuja culpa da falta de eficácia não é do paciente, precisamos falar sobre os principais erros que os homens cometem durante o tratamento com Minoxidil.

A verdade é que você só poderá ter certeza de que seus folículos capilares não estão respondendo à medicação se eliminar todas as outras possibilidades antes.

Antes de qualquer coisa, certifique-se de que o Minoxidil que você comprou se trata de um produto original.

Temos aqui no blog um post completinho sobre como identificar um Minoxidil falso. Você pode conferi-lo aqui

O Minoxidil deve ser aplicado nos fios úmidos ou de preferência seco duas vezes ao dia.

Uma vez pela manhã e outra pela noite. O intervalo entre as aplicações deve ser de 12h.

A segunda aplicação deverá ser realizada no mínimo uma hora antes de você se deitar para dormir.

O produto deve secar naturalmente no seu rosto e, ao se deitar com ele ainda úmido, há uma grande chance de ele ser transferido para seu travesseiro.

A quantidade certa de Minoxidil é 1mL a cada aplicação.

Com menos que isso você não terá grandes resultados e, com mais, você estará apenas desperdiçando produto, pois a pele só é capaz de absorver 1mL.

A concentração mais indicada é a de 5%, a mais potente de todas. A versão em loção também é a que costuma dar resultados mais rapidamente. Aposte nessas, a não ser, claro, que você tenha alguma contraindicação.

Aplique em toda área a ser tratada e, com movimentos circulares suaves, massageia essa região por alguns minutos para que o Minoxidil possa penetrar melhor.

Não desista do tratamento antes de completar 6 meses. Muitos homens desistem do Minoxidil por conta do efeito shedding, que ocorre entre a segunda e a sexta semana de uso.

O efeito shedding nada mais é do que uma queda capilar que ocorre durante o tratamento com Minoxidil. No entanto, essa não é uma queda ruim. Pelo contrário – é um indicativo de que o medicamento está fazendo efeito.

O Minoxidil precisa eliminar os fios finos, ralos e fracos para que esses deem lugar a fios mais fortes e resistentes. Fique tranquilo, pois depois de um tempo seu cabelo voltará a crescer.

Faço tudo corretamente, mas continuo sem ver os resultados do tratamento com Minoxidil. Por quê?

Antes de agir nos folículos capilares, o Minoxidil é metabolizado no couro cabeludo. Em outras palavras, ele é transformado em outra substância. Quem auxilia nesse processo é uma enzima.

Os homens que respondem bem ao tratamento com Minoxidil são aqueles cuja enzima citada acima é mais eficiente na metabolização das moléculas do medicamento.

Isso é algo que varia bastante de homem para homem. Por essa razão os primeiros resultados podem tanto demorar mais tempo para surgir quanto dar as caras em poucos meses.

Ou seja, alguns homens podem seguir todas as instruções à risca e ainda assim não obter resultados com o Minoxidil.

Eles são conhecidos na área da medicina como “pacientes não-respondedores ao tratamento”.

Por isso é tão importante consultar um tricologista/dermatologista antes de iniciar o tratamento com o Minoxidil.

Um profissional de saúde qualificado e especializado realizará testes para analisar a atividade dessa enzima nos seus folículos capilares.

Dessa forma é possível conhecer as chances reais do seu tratamento das certo ou não.

Mas é importante salientar que esses são casos raros. A principal culpada pelos fracassos no tratamento com Minoxidil continua sendo a falta de atenção e o descuido.

E aí, o que você achou desse artigo?

Esclarecemos suas dúvidas? Ficou com mais alguma?

Então conta para a gente aqui nos comentários. Vamos respondê-lo com muito prazer 😊

Fontes:

Doutor Paulo Müller Ramos (dermatologista)

Doutora Maria Angélica Muricy Sanseverino (dermatologista)

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *